Este Blog foi criado por 2 alunos do 8ºB DA Escola E B 2,3 de Eiriz com ajuda do professor Francisco Ferreira com o tema a Poluição.

Quarta-feira, 04 de Novembro de 2009

O que são?
São contentores individualizados (tipo vidrões) destinados a receber separadamente vários materiais como papel e cartão, vidro e embalagens plásticas e metálicas. Estes contentores têm cores diferentes, uma para cada material.

Como Utilizar? Estão colocados na via pública, localizados em pontos estratégicos (sítios com muito movimento), como escolas, parques, feiras e mercados, de modo a permitir a deposição voluntária pela população.

O que colocar?

Papel e Cartão

Depositar
Caixas de cartão liso e canelado, embalagens de cartão, papel de escrita, jornais, revistas, livros e prospectos publicitários, sacos e papel de embalagem.

Não depositar
Embalagens e papéis de produtos orgânicos ou gorduras: guardanapos, lenços, toalhetes, fraldas, pacotes de batata frita e aperitivos. Papéis metalizados ou plastificados. Embalagens de produtos tóxicos e perigosos.

Vidro

Depositar
Garrafas, garrafões de vidro (sem invólucro de plástico), embalagens de vidro, frascos e boiões.

Não depositar
Tampas, rolhas, cerâmicas, chávenas, pratos, copos, espelhos, jarras, vidros especiais, cristal, pirex, lâmpadas, janelas, embalagens de cosméticos e perfumes, vidro farmacêutico e de hospital.

Embalagens Plástico/Metal

Depositar
Latas, aerossóis, conservas, tabuleiros de alumínio e outras embalagens de metal. Garrafas, frascos, caixas de plástico, sacos de plástico e esferovite limpa.

Não Depositar
Embalagens de plástico que tenham contido produtos tóxicos e perigosos.
Talheres e panelas, ferramentas, electrodomésticos, pilhas e baterias.

Pilhão
Depositar
Pilhas

 

Conselhos de Utilização
RETIRE as tampas das embalagens.
ESCORRA e despeje todo o conteúdo das embalagens.
ESPALME as embalagens, para ocuparem menos espaço na sua casa e no ecoponto.
NÃO COLOQUE as embalagens umas dentro das outras.
DEPOSITE no ecoponto amarelo o saco de plástico que usou para transportar as embalagens usadas. Ele é reciclável.

 

publicado por Luis Rafa às 12:43

  

 Estas são algumas razões imediatas pelas quais temos que mudar a nossa mentalidade e os nossos hábitos. Lixo é aquilo que já não tem valor. O que ainda pode ser aproveitado não deve ser tratado como “lixo”. Na realidade, quase tudo o que faz parte dos resíduos sólidos urbanos pode ser aproveitado, como teremos oportunidade de ver.

Durante muito tempo, talvez toda a nossa vida e a dos que nos precederam, habituámo-nos a utilizar muitos objectos e deitá-los fora. Este gesto tornou-se um hábito, o que significa que, na maior parte das vezes, o gesto de deitar fora é assumido sem qualquer reflexão.

  Na origem desta realidade está a modificação dos nossos padrões de vida. Por um lado, podemos dizer que o desenvolvimento e a produção em massa melhoraram a nossa qualidade de vida. Temos uma maior variedade de produtos à nossa disposição. Mas, por outro lado, esta “sociedade de consumo” tem um lado negativo, que se traduz no consumo excessivo, “consumismo” e no desperdício.

Costumamos chamar “lixo” ao que deitamos fora, sem nos preocuparmos mais com o seu destino. Durante muito tempo, parecia não haver motivo para grandes preocupações. Sobrava terreno para aterros, isto é, locais onde se depositava o “lixo” controlado pensando que este se biodegradava rapidamente e se transformava em húmus.

Com o decorrer dos anos, todas estas convicções foram derrubadas. Nos aterros, a matéria orgânica não se decompõe como se pensava e o homem criou muitos materiais que a Natureza não tem capacidade para degradar. Os terrenos escasseiam à volta das grandes cidades, onde a produção de resíduos é maior. As populações resistem à construção de novos aterros. Os terrenos estão mais caros e o transporte de resíduos é dispendioso.

 

 

 

Depois de ser posto nos ecopontos vem mais  trabalho para as pessoas nas fabricas de separação do lixo.

Como podemos ver nesta imagem.  

publicado por Luis Rafa às 12:18

Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009
publicado por Luis Rafa às 13:23

publicado por Luis Rafa às 13:20

publicado por Luis Rafa às 13:18

publicado por Luis Rafa às 13:13

Sábado, 24 de Outubro de 2009

 

Poluição Ambiental

Toda e qualquer alteração ocorrida no ambiente que cause desiquilíbrio e prejudique a vida é poluição ambiental. Veja alguns tipos:

 

 

               

         Poluição do solo: os produtos químicos em geral, herbicidas, pesticidas, o lixo (mesmo que doméstico) empobrecem o solo. O desnatamento e a queimada também levam à degradação e à erosão do solo.

 

          

 

  Poluição sonora: as principais fontes de ruído são o trânsito de veículos, as obras de construção civil, as indústrias, os bares, o comércio e os serviços, as máquinas e equipamentos em geral, as academias de ginástica e dança.

 

             

              POLUIÇÃO DO AR : O ar é muito importante para nós podermos respirar. Assim é importante mantê-lo sem poluição. As principais causas da poluição do ar são: fumo das fábricas, escapes dos automóveis e das chaminés.

publicado por Luis Rafa às 18:11

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Últ. comentários
esta muito fixe continua assim
o blog esta fixe!!! mas podia ser mais pequeno?
arquivos
2009